Alongar é preciso

Habilidades envolvidas O nado sincronizado envolve o uso de várias habilidades por parte do atleta como, por exemplo, força física, arte, precisão, flexibilidade, controle de respiração dentro da água e graciosidade. História O Nado sincronizado era conhecido no começo do século XX como Ballet Aquático. A primeira competição ocorreu em Berlim, no ano de 1891. O nome nado sincronizado apareceu somente em 1933, durante o primeiro mundial, que ocorreu em Chicago. No início, era um esporte praticado na maioria por homens. Porém, já na década de 1920 ele começou a se popularizar entre as mulheres, que atualmente, são a maioria na pratica do esporte. O Nado sincronizado se espalhou pelo mundo através das apresentações do nadador australiano Annette Kellerman, que fez apresentação em Nova Iorque em 1907. O nado sincronizado tornou-se um esporte olímpico somente em 1948 (somente exibição até 1968), nas Olimpíadas de Londres. Foi reconhecido como modalidade oficial somente nas Olimpíadas de Los Angeles (1984). Por ser uma modalidade olímpica, o nado sincronizado fez parte das Olimpíadas de Londres de 2012. Competição e regras básicas A competição ocorre em duas partes: exercícios técnicos e exercícios livres. Os juízes avaliam a desempenho dos atletas, pontuando com notas de, no máximo, 10 pontos. Os juízes levam em consideração a qualidade técnica, graça, delicadeza, sincronia dos movimentos com a música, criação artística dos movimentos. Os nadadores perdem pontos nas seguintes situações: quando tocam o fundo da piscina, descansam na borda e olhar sem sorriso ou graça.

No Comments

Post A Comment